• Paraíso17

Novas vítimas registram caso de estelionato envolvendo ''picareta'' de Nova Andradina

Um dos casos a vítima teve prejuízo de R$ 90 mil
Luis Gustavo, Da Redação / Imagens: Jornal da Nova/Arquivo
19/05/2017 08h35
Polícia Civil investiga os casos / Imagens: Jornal da Nova/Arquivo

Outro caso de estelionato, envolvendo o mesmo suspeito já noticiado pelo Jornal da Nova, foi registrado na última terça-feira (16), envolvendo duas vítimas, em Nova Andradina.

 

Leia também

>> ''Picareta'' de Nova Andradina vende veículo no PR e some com dinheiro da vítima

 

Um jovem de 20 anos, relatou à polícia que passou seu veículo VW/Fox, de cor preto, com placas de Presidente Prudente (SP), para que o suspeito, de 27 anos, o vendesse, pois o carro estava em nome de outra pessoa e a vítima não queria ficar com dois automóveis em sua posse.

 

Diante disso, o suspeito sem o consentimento da vítima, vendeu o automóvel a outra pessoa, uma mulher de 32 anos, ou seja, o boleto em nome da proprietária legal do veículo estaria em posse da mulher, pois o carro, o suspeito vendeu como se fosse dele. 

 

Dessa forma, a segunda vítima [compradora], entregou ao “picareta” uma motocicleta modelo Honda/CB 300, de cor vermelha, com placa de Batayporã, no valor de R$ 10,5 mil, como parte de entrada no automóvel e assim ficou acordado. 

 

Passando-se algum tempo foi descoberto que ambos os envolvidos foram enganados pela mesma pessoa e resolveram registrar o crime na Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina.

 

Conforme informações apuradas pelo Jornal da Nova, mais de 4 pessoas podem ter sofrido golpes pelo picareta somente na cidade de Nova Andradina, um dos casos de valor mais alto foi uma caminhonete avaliada em R$ 90 mil. Fontes disseram a reportagem que os valores podem chegar a mais de meio milhão de reais.





VEJA MAIS