• Paraíso17

PMA autua engenheiro que expôs vídeo com onça amarrada em árvore no Facebook

Da Redação / Imagens: PMA/Divulgação
11/08/2017 13h19

Policiais Militares Ambientais de Bela Vista receberam denúncias, de que uma pessoa estava expondo vídeo nas redes sociais de um animal silvestre da espécie onça-parda que ele manteria em cativeiro, amarrada a uma árvore.

 

As imagens divulgadas pelo infrator renderam vários comentários por parte de seus amigos da pagina. No vídeo veiculado em seu perfil, o infrator, ao mesmo tempo em que chuta uma bola para o animal que se encontra amarrado em uma arvore, diz a seguinte frase: “ó, porque aqui no Mato Grosso do Sul é assim! Ao final solta gargalhadas.

 

Os Policiais localizaram o infrator, um engenheiro de 38 anos, residente em Bela Vista e o autuaram administrativamente, aplicando-lhe multa de R$ 5 mil. Ele também poderá responder por crime ambiental e poderá pegar pena de até 1,5 ano de prisão por manter animal silvestre ilegalmente em cativeiro. A onça-parda consta da lista de espécie em extinção.

 

O autuado alegou que o vídeo teria sido gravado em uma fazenda no Paraguai e não sabe o que aconteceu com o animal.

 

A prática do infrator insinua a possibilidade de infringir a legislação, de modo a ofender a fiscalização ambiental, o que em tese incitaria publicamente seus seguidores à prática criminosa, assim também poderá responder por “incitação a pratica criminosa”, conforme artigo 286 do Código Penal Brasileiro.

Onça parda 

 

A onça-parda, puma, ou suçuarana é encontrada em todas as Américas, desde o Canadá, ao extremo sul da América do Sul. Vive em torno de 15 anos e em alguns locais pode atingir até 100 quilos. É um animal solitário e prefere viver em lugares de difícil acesso, florestas, desertos e montanhas. Geralmente caça ao entardecer. 






VEJA MAIS