• Paraíso17

Bandidos explodem caixas eletrônicos e trocam tiros com a PM

Seis autores participaram e agência bancária terminou destruída
Da Redação / Imagens: Álvaro Rezende/Correio do Estado
11/10/2017 18h00
Agência ficou destruída após explosões / Imagens: Álvaro Rezende/Correio do Estado

Bandidos encapuzados e fortemente armados explodiram dois caixas eletrônicos de uma agência do Banco do Brasil localizada nas dependências da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande. O crime aconteceu por volta das 2h30 da madrugada desta quarta-feira (11) e terminou em troca de tiros com a Polícia Militar. Pelo menos seis criminosos participaram do assalto e conseguiram fugir.

 

Conforme informações do “Correio do Estado”, o bando chegou em dois veículos. Cinco deles estavam em um VW/Golf e invadiram o local, enquanto outro, em um GM/Vectra, aguardava do lado de fora. O bando portava fuzis e metralhadoras de grosso calibre, motivo pelo qual não tiveram dificuldades em render dois seguranças armados. Outras duas pessoas que passavam no momento da abordagem também foram rendidas e colocadas na guarita junto com os guardas.

 

Os bandidos foram para a agência e armaram explosivos nos dois caixas. A explosão foi grande a ponto de praticamente destruir a unidade. Equipe da Polícia Militar que fazia rondas pelas imediações ouviu o estrondo e foi averiguar a ocorrência, quando se deparou com os assaltantes fugindo, tendo início troca de tiros. Os militares conseguiram furar um dos pneus do Golf, obrigando os criminosos a abandonar o veículo na rua Portugal. 

O grupo entrou no Vectra e conseguiu escapar. Durante o confronto, um policial chegou a ser socorrido após sofrer queda na moto. Hoje pela manhã, seguranças relataram os momentos de tensão, mas disseram que, apesar das proporções do crime, não chegaram a ser agredidos. O caso é investigado, pelo Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Bancos, Assaltos e Sequestros). O Golf foi apreendido passou por perícia.






VEJA MAIS