• Paraíso17

Grupo Onça Pintada atendeu mais de 1350 mulheres no Outubro Rosa

Da Assessoria / Imagens: Divulgação
13/11/2017 09h00

No mês dedicado à prevenção e combate do câncer de mama, o Outubro Rosa, o Grupo Onça Pintada (GOP) atendeu 1355 mulheres durante as ações realizadas em Campo Grande e no interior do Estado. Além disso, foram realizados 566 ultrassons e, após esse primeiro atendimento, 592 mulheres deverão realizar o exame de mamografia que também é oferecido gratuitamente pela entidade.

 

As ações foram realizadas nos município de Bataguassu, Porto Murtinho, Tacuru, Caracol, Paranaíba, Cassilândia e Inocência. Na Capital Campo Grande a ONG visitou os bairros Vila Almeida, Nova Bandeirantes, Caiçara, Coophavila, Moreninhas, Jardim Itamaracá e Coophatrabalho.

 

De acordo com o presidente do Grupo Onça Pintada, a grande quantidade de mulheres atendidas é resultado de muito esforço dos colaboradores e voluntários.

 

“Apesar de realizar atendimentos durante quase todos os meses do ano, em outubro, que é um mês dedicado a conscientização e prevenção do câncer de mama, nós intensificamos os trabalhos e os resultados são muito positivos. Vamos continuar atendendo até o final do ano”, afirmou.

 

O GOP possui uma estrutura que permite atender mulheres de todas as regiões de Mato Grosso do Sul. Através de sua unidade móvel a entidade percorre os municípios do Estado levando atendimento gratuito às mulheres. A equipe é formada por médicos, enfermeiros e auxiliares. O GOP também possui aparelho de ultrassom e um mamógrafo.

 

No Grupo Onça Pintada as pacientes passam por exames de rastreamento, mamografias, ultrassons e quando necessário são encaminhadas para realização de punções, cirurgias, quimioterapia, radioterapia e reconstrução mamária. Todo o tratamento é gratuito e realizado em parceria com as instituições públicas de saúde.

 

Agenda
Na sexta-feira (10) o Grupo Onça Pintada esteve no município de Pedro Gomes. No sábado, atendimento foi em Coxim e Alcinópolis.

 

Para participar do atendimento é necessário que as mulheres apresentem apenas um documento de identificação e o cartão do SUS. 

 

O atendimento é totalmente gratuito e as mulheres passarão por consulta com a médica e poderão realizar exames, além de receber orientações sobre o câncer de mama e as forma de prevenção.





  • subway41

VEJA MAIS