• Paraíso17

Atraso de repasses ao HR deve mudar foco de Azambuja em Nova Andradina

Governador virá ao município entregar casas e inaugurar obras, contudo, constantes atrasos ao Hospital Regional prometem novas pautas
Da Redação / Imagens: Jornal da Nova/Arquivo
15/11/2017 07h00
Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) / Imagens: Jornal da Nova/Arquivo

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Nova Andradina confirmou para a próxima sexta-feira (17) agenda do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) no município. Na ocasião, o tucano irá entregar unidades habitacionais e inaugurar obras, contudo, o atraso recorrente de repasses ao Hospital Regional deverá mudar o foco da agenda, ao menos nos bastidores. 

 

Para se ter uma ideia, atualmente a legislação obriga os governos municipais a investirem, no mínimo, 15% de sua arrecadação na saúde, entretanto, por conta dos atrasos do Governo Estadual, Nova Andradina aplica mais de 27% para que o Hospital Regional possa prosseguir com os atendimentos à população do Vale do Ivinhema.

 

Além disso, já se tornou comum desde a gestão do ex-prefeito Roberto Hashioka (PSDB), a necessidade de o Governo Municipal dar aportes financeiros para socorrer a unidade. O procedimento continua na gestão do prefeito Gilberto Garcia (PR) que, além dos repasses mensais, tem destinado mais de R$ 100 mil por mês ao hospital. 

 

Com isso, ao final do ano, a Prefeitura de Nova Andradina já terá investido, apenas para a manutenção do Regional, mais de R$ 1,2 milhão entre repasses alusivos ao convênio, mais aportes financeiros, prejudicando investimentos em outros setores, tudo por conta dos atrasos de responsabilidade do governo tucano.

 

Segundo apurou o Jornal da Nova, atualmente o Executivo sul-mato-grossense possui uma parcela em atraso, enquanto outra vence na próxima segunda-feira (20). Apesar do suporte da Prefeitura, a ausência desses recursos tem acarretado em dificuldades para o andamento das atividades, especialmente na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), inaugurada por Azambuja. 

 

Nesta terça-feira (14), por várias vezes, o Jornal da Nova entrou em contato com a Secretaria Estadual de Saúde para obter informações sobre os repasses, contudo, ninguém atendeu as ligações no número disponibilizado (67) 3318-1600, mas se coloca à disposição para publicar uma nota de esclarecimento caso haja interesso do Governo do Estado.





  • subway41

VEJA MAIS