• Paraíso17

Governo de Gilberto Garcia é aprovado por 52% da população, diz pesquisa

Prefeito possui ainda outros 30% de regular e 13% de reprovação
Da Redação / Imagens: Jornal da Nova
12/01/2018 09h00
Prefeito Gilberto Garcia / Imagens: Jornal da Nova

Pesquisa divulgada esta semana pelo Instituto Ibrape, de Campo Grande, mostra que o governo do prefeito Gilberto Garcia (PR) é aprovado por 52% da população. A amostragem aponta ainda o chefe do Executivo municipal com outros 30% de regular e 13% de reprovação, enquanto 5% não souberam responder. 

 

O levantamento foi realizado entre os dias 20 e 22 de dezembro e ouviu 308 pessoas em Nova Andradina e Nova Casa Verde. Na ocasião, o Ibrape também fez um comparativo com a última gestão do prefeito Roberto Hashioka (PSDB) e 41% consideraram o governo de Gilberto melhor, 40% igual ao do tucano, 15% pior e 4% não responderam. 

 

Em relação à satisfação da população neste primeiro ano de mandato, 40% se disseram satisfeitos, 31% satisfeitos em parte, 15% insatisfeitos e 5% não souberam responder. Em entrevista exclusiva ao Jornal da Nova, o prefeito Gilberto Garcia comemorou os resultados, especialmente se somados os índices de aprovação e regular, alcançando a marca de 82%. 

 

“É um resultado expressivo, principalmente se você considerar o ano difícil que todos os prefeitos sofreram, mas, ainda assim, foi possível prosseguir com nossas principais metas: concluir o anel rodoviário, que está 90% pronto, o aeroporto e construir mil casas”, disse o gestor.

Mostra do caderno que o Jornal da Nova teve acesso – Foto: Jornal da Nova

Em relação ao anel rodoviário, o chefe do Executivo municipal afirmou que o contorno deverá ser inaugurado em março, mesmo mês em que deverá ocorrer a ordem de serviço para as obras do aeroporto municipal. Em relação à meta de construir mil casas, o republicano afirmou que 400 delas começam a ser construídas já em janeiro deste ano. 

 

“Foi um ano difícil, mas os próximos também serão, pois por mais que nós tenhamos reduzido as despesas, houve queda de receita, como o ICMS, mas vamos continuar resgatando os compromissos de campanha para resolver os gargalos da nossa cidade por meio de parcerias com os governos do Estado e Federal”, concluiu Gilberto. 






VEJA MAIS