• Paraíso17

PMA apreende 36 molinetes com varas e 43 anzóis de galho; pescadores fugiram

Da Redação / Imagens: PMA/Divulgação
13/02/2018 08h00
Molinetes com varas apreendidos / Imagens: PMA/Divulgação

Durante fiscalização no rio Aquidauana, entre a Cachoeira do Sossego em Rochedo, à foz do rio Cachoeirão, no município de Terenos, uma equipe de policiais da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Campo Grande apreendeu 36 varas de pesca com molinetes. As pessoas que estavam em ranchos abandonaram os petrechos e fugiram antes da chegada da equipe.

 

Durante a fiscalização, a equipe ainda cortou 43 anzóis de galho [petrecho proibido] que estavam armados à margem do rio. A PMA alerta que a pesca nesse período é crime, à exceção, para as modalidades que estão permitidas.

 

A pesca está fechada durante o período de Carnaval em todos os rios do Estado, à exceção da calha do rio Paraguai, que desde o dia 1º de fevereiro está aberta na modalidade pesque-solte. O período de defeso encerrar-se-á somente no dia 1º de março. 

 

Algumas pessoas que vão passar o feriado em ranchos às margens de rios insistem em praticar pesca nesse neste período proibido. Outras armam anzóis de galho (petrecho proibido), devido ao pouco tempo de exposição em atividade ilegal, tanto para armar, como para retirar o petrecho. Para prevenir a pesca predatória, a PMA está realizando a operação Carnaval.






VEJA MAIS