• Paraíso17

Milionário do WhatsApp é executado em Pedro Juan Caballero

Ivan Dias era conhecido como 'milionário do WhatsApp' por ostentação nas redes sociais
Da Redação / Imagens: WhatsApp/Jornal da Nova
12/03/2018 19h51
Vítima gostava de ostentar nas redes sociais / Imagens: WhatsApp/Jornal da Nova

Conhecido na fronteira como “milionário do WhatsApp”, foi executado a tiros no início da noite desta segunda-feira (12), dentro de uma academia em Pedro Juan Caballero no Paraguai, divisa com Ponta Porã. Dois homens chegaram no local abordo de uma moto, onde garupa desceu já com arma de fogo em punho e efetuou vários disparos contra a vítima, que morreu na hora.

 

Segundo o “Ponta Porã Informa”, a vítima, identificada como Felipe Iván Diaz Villalba de 36 anos, era conhecida como "milionário do WhatsApp" por ostentação nas redes sociais.

 

Em novembro de 2017, agentes da Divisão Antidrogas da Policia Nacional Paraguaia prenderam, Felipe Iván Diaz Villalba, por postar imagens em redes sociais, ostentando fortuna em dólares, joias e carros de luxo. Se irmão Fabio Diaz Villalba também foi preso.

 

Na ocasião, US$ 9,6 mil foi encontrado com os irmãos, dez armas de diferentes calibres e modelos, vários veículos e diversas joias em ouro.






VEJA MAIS