• Paraíso17

4,7 ton de drogas são tiradas de circulação pela Polícia Militar na região de Dourados

Nos primeiros cinco meses de 2018, 822 pessoas foram encaminhadas para as delegacias da região e 341 foram autuadas em flagrante
Da Redação / Imagens: PM/Divulgação
13/06/2018 19h00

Com um trabalho voltado as atividades de prevenção a crimes na cidade de Dourados e região, o comando do 3º BPM (Batalhão de Polícia Militar) divulgou na manhã dessa quarta-feira (13), resultados operacionais alcançados nos cinco primeiros meses do ano de 2018.

 

Os resultados alcançados são referentes as unidades da PM nos municípios de Dourados, Douradina, Caarapó, Itaporã e Laguna Carapã, que compõem o 3º Batalhão da PM sediado em Dourados.

 

Com apoio logístico do comando Geral da PMMS e da Sejusp, ações de combate à criminalidade alcançaram números bastante positivos antes do fechamento do primeiro semestre de 2018, podendo-se destacar as ações de cunho preventivo como as mais de 18,5 mil abordagens a pessoas e as quase 13,5 mil abordagens a veículos.

Essas ações tiveram como resultado o encaminhamento de 822 pessoas para as delegacias locais, das quais 341 foram autuadas em flagrante pela pratica de crime ou contravenção.

 

Outro resultado ligado diretamente as abordagens preventivas são os cumprimentos de mandado de prisão, que foram 200 nesse período e a recuperação de 94 veículos produto de roubo ou furto, dentro e fora do estado.

 

Foram apreendidas o equivalente a uma arma de fogo a cada 5 dias na área do 3º BPM, totalizando 37 armas apreendidas nesse período. Essas apreensões também foram alavancadas pelo número expressivo de abordagens preventivas realizadas pelos militares.

 

Com apoio, principalmente da Agencia Local de Inteligência (ALI), além da difusão da informação por parte de outras instituições de segurança e também através de denúncias, foram tirados de circulação mais de 30 quilos de drogas por dia na região de Dourados, totalizando a quantia de 4,7 toneladas de drogas, em sua maioria maconha.

Na prevenção a acidentes e repressão a infrações de trânsito, foram confeccionados mais de 6 mil autos de infração e recolhidos 279 veículos ao pátio dos Detrans da região.

 

Projetos e palestras como as do Diga Não ao Crime (DNC) alcançaram mais de 4mil jovens e adolescentes, visando inibir a iniciação criminal pelo uso e o tráfico de drogas de jovens e adolescentes das regiões da faixa de fronteira do MS.

 

O comandante do 3º BPM, Tenente Coronel Carlos Silva, elogiou os policiais militares da unidade e explicou que os números alcançados são uma somatória de esforços.

 

“O comando da corporação e a gestão da Sejusp em muito colaborou com os resultados alcançados pelo 3º BPM, entretanto, nosso maior trunfo contra a criminalidade continua sendo o material humano capacitado e qualificado de nossa unidade, que com certeza, fez e faz toda a diferença na prestação de um serviço de segurança pública de melhor qualidade a nossa comunidade”, conclui o comandante.



Galeria de Imagens / Imagens: PM/Divulgação






VEJA MAIS