• Paraíso17

MPE faz nova recomendação e dá ultimato para Prefeitura de Batayporã

Mesmo com atraso no salário dos servidores, prefeito e secretário não deixaram de receber seus vencimentos
Da Redação / Imagens: Jornal da Nova
28/06/2018 12h29
Prédio da Prefeitura de Batayporã / Imagens: Jornal da Nova

Em recomendação assinada por três promotores, o Ministério Público Estadual (MPE) deu um “ultimato” para a Prefeitura de Batayporã. O documento leva em consideração uma série de atos da administração e, caso não seja cumprido, poderá resultar em medidas administrativas e judiciais.

 

Entre os pontos citados, o órgão destaca a realização da edição 2018 da Festa do Sereno entre outros investimentos do Executivo em detrimento à saúde, educação e, até mesmo, à falta de pagamento do salário dos servidores municipais, enquanto prefeito e secretário continuam a receber seus respectivos vencimentos.

 

Além do prefeito Jorge Takahashi (MDB) e do secretário municipal de Administração, Finanças e Planejamento, Dilmo Mathias Teixeira, a recomendação foi enviada ao presidente da Câmara, Cícero Leite (PSDB), para que a Casa tome as medidas cabíveis, visto "sua competência como fiscal dos atos do Poder Executivo". 

 

Entre as solicitações, estão pedidos para que a administração municipal de Batayporã reduza as despesas com cargos e funções de confiança em pelo menos 50%; não efetue novas contratações; rescinda contratos com empresas de assessoria; e realize o levantamento dos estudantes que recebem auxílio-transporte.






VEJA MAIS