• Paraíso17

Dois são mortos a tiros em Ponta Porã

Da Redação / Imagens: Divulgação
06/12/2018 07h47
Empresário morreu enquanto abastecia veículo / Imagens: Divulgação

Na tarde desta quarta-feira (5), dois homens foram mortos a tidos em Ponta Porã, cidade que faz divisa com Pedro Juan Caballero, Paraguai. Um empresário e um tatuador são as vítimas.

 

Leia também

|Sobrinho de Pavão e mais três saem ilesos de atentado a caminhonete

 

O primeiro caso ocorreu no início da tarde, tendo como vítima, o empresário Wanderley Almeida, de 46 anos. Testemunhas contaram que os pistoleiros chegaram ao local em uma caminhonete de cor branca e sem trocar nenhuma palavra com a vítima, efetuaram disparos de pistola calibre 9 mm. A vítima abastecia o veículo em frente a sua residência, no Jardim Universitário, quando foi assassinada.

 

Almeida chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos.

 

Vanderlei Almeida era proprietário de caminhões e tinha uma empresa de ônibus no município. Também seria irmão do proprietário de uma tornearia da cidade.

 

O segundo assassinato, ocorreu por volta das 18h30. O tatuador Nicolas Garay Ovelar, de 40 anos, foi morto a tiros.

Niko morreu em frente ao seu estabelecimento comercial - Foto: Divulgação

A vítima que era paraguaio e também conhecido como Niko foi morto em frente ao seu estabelecimento, na esquina das ruas Marechal Floriano com a Baltazar Saldanha.

 

A polícia esteve no local da execução, mas ainda não há detalhes sobre as circunstâncias do assassinato ou a quantidade de criminosos envolvidos. 

 

Agentes do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil recolheram imagens de câmeras de segurança instaladas na região para tentar identificar os suspeitos.






VEJA MAIS