• Paraíso17

Assassino do motorista de aplicativo pode ser morador do condomínio, aponta investigação

Uma das linhas de investigações da Polícia Civil é de que o autor do crime seja morador do residencial e namorado da passageira que chamou a corrida
Luis Gustavo, Da Redação / Imagens: Campo Grande News
14/05/2019 15h00
Fachada do condomínio onde ocorreu o crime / Imagens: Campo Grande News

O principal suspeito de ter matado o motorista de aplicativo Rafael Baron de 24 anos, assassinado a tiros na noite de ontem (13) no residencial Reinaldo Buzaneli, no Jardim Campo Nobre, em Campo Grande, pode ser morador do condomínio.

Leia também

|Motorista de aplicativo é executado a tiros em Campo Grande

 

Uma das linhas de investigações da Polícia Civil é de que o autor do crime seja morador do residencial e namorado da passageira que chamou a corrida e foi deixada pelo motorista no condomínio.

 

A Uber informou que o motorista nunca realizou corridas pela plataforma. Ele também não tinha cadastro no Urban. Com Campo Grande News.






VEJA MAIS