• Paraíso17

Médico cirurgião plástico é executado a tiros na fronteira

Vítima havia acabado de sair do trabalho e quando entrou em seu veículo, foi surpreendido por pistoleiros que efetuaram vários disparos
Luis Gustavo, Da Redação / Imagens: WhatsApp/Jornal da Nova
11/06/2019 17h00
Vítima morreu na hora / Imagens: WhatsApp/Jornal da Nova

Na tarde desta terça-feira (11), o médico José Centurion foi executado com vários disparos de arma de fogo na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, na divisa com Ponta Porã. 

 

Homicídio ocorreu por volta das 14h, o médico havia acabado de sair do trabalho e quando entrou em seu veículo, foi surpreendido por pistoleiros que efetuaram vários disparos. A vítima morreu no local.

 

O Dr. José Marcial Centurion Cáceres, era um renomado cirurgião plástico com especialização em cirurgia plástica no Rio de Janeiro (RJ) e dermatologia em Belo Horizonte (MG), além de pós graduação em medicina e estética em São Paulo (SP), também era membro da Sociedade Brasileira de Medicina Plástica e Estética e Membro da Academia Brasileira de Dermatologia.

 

A polícia paraguaia investiga as motivações do assassinato. Até o momento ninguém foi preso.






VEJA MAIS