• Paraíso17

Dia D: ação de prevenção de câncer de boca acontece em Nova Andradina nesta sexta

Unidade móvel estará estacionada no canteiro central da avenida Joaquim de Moura Andrade, em frente ao Supermercado Paraíso
Cogecom / Imagens: Arquivo/Divulgação
08/11/2019 08h33

Nesta sexta-feira (9), a Secretaria Municipal de Saúde promove uma “Ação de Prevenção e Diagnóstico de Câncer de Boca”, na área central de Nova Andradina, das 8h às 18h.  

 

A unidade móvel estará estacionada no canteiro central da avenida Joaquim de Moura Andrade, em frente ao supermercado Paraíso onde serão ofertados exames clínico-odontológicos, orientações e entrega de material educativo de câncer bucal pelos odontólogos e auxiliares de saúde bucal da rede municipal para toda população.

 

No decorrer no mês de novembro, as Unidades de Saúde - ESFs (Estratégias Saúde da Família dos bairros) e CEO darão continuidade a ação com a realização de atividades educativas e preventivas de câncer de boca, assim como os atendimentos de rotina. Todo o atendimento é gratuito.

 

A iniciativa integra a Semana de Prevenção do Câncer de Boca instituída por lei federal e estadual, tem como objetivo alertar a população e o principal público-alvo, a população masculina, sobre os riscos do consumo do tabaco e do álcool (representando cerca de 80% dos casos) e outros fatores de risco como HPV, má higiene bucal e a desnutrição; como também discutir e realizar com os profissionais envolvidos a detecção precoce de câncer bucal.

 

Segundo dados apresentados pela Secretaria Municipal de Saúde, nos últimos 3 anos foram realizadas 85 biópsias, sendo 42 mulheres e 43 homens. Neste período, 5 casos foram confirmados de malignidade. 

 

A gerente municipal de saúde bucal, Melissa Araújo, informa que durante o ano todo, o trabalho de prevenção e diagnóstico de Câncer de Boca é realizado nas Estratégias de Saúde da Família – ESFs. “Frente às situações de alterações e lesões suspeitas de câncer de boca, os pacientes são encaminhados para o Centro de Especialidades Odontológicas – CEO, onde é feita a avaliação pelo cirurgião buco-maxilo e, quando necessário, a realização de biópsia”, explica Melissa.

 

A análise laboratorial é feita pelo Laboratório Costa Rosa no município de Naviraí. Quando o resultado da biópsia confirma a malignidade da lesão, os pacientes são encaminhados para tratamento, via regulação do município, para os centros de referência em: Dourados (Hospital Universitário da UFGD, Hospital Evangélico) e em Campo Grande (Hospital Santa Casa, Hospital Santa Casa, Hospital Universitário, Hospital do Câncer Alfredo Abrão, Hospital Regional de Mato Grosso do Sul). A coordenação do cuidado deste paciente é mantida em sua Unidade de Saúde.

 

Como prevenir o câncer bucal

  • Não fumar
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas
  • Ter alimentação rica em frutas verduras e legumes
  • Manter boa higiene bucal
  • Usar preservativo (camisinha) na prática do sexo oral

 

Sinais e sintomas

Os principais sinais que devem ser observados são:

  • Lesões (feridas) na cavidade oral ou nos lábios que não cicatrizam por mais de 15 dias, que podem apresentar sangramentos e estejam crescendo.
  • Manchas/placas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, céu da boca ou bochechas
  • Nódulos (caroços) no pescoço
  • Rouquidão persistente

 

Nos casos mais avançados observa-se

  • Dificuldade de mastigação e de engolir
  • Dificuldade na fala
  • Sensação de que há algo preso na garganta
  • Dificuldade para movimentar a língua
  • Diante a esses sinais e a mudanças na coloração ou aspecto da boca, no caso de anormalidade, é indicado sempre a avaliação de um profissional de saúde.

 

Detecção precoce

É imprescindível estar atento ao surgimento de qualquer sinal de alerta. Diante de alguma lesão que não cicatrize em um prazo máximo de 15 dias deve-se procurar um profissional de saúde (dentista ou médico para a realização do exame completo da boca).

 

A importância das consultas com o dentista para tirar dúvidas e, principalmente, relatar qualquer sinal ou sintoma diferente. Pessoas com maior risco para desenvolver câncer de boca (fumantes e consumidores frequentes de bebidas alcoólicas) devem ter cuidado redobrado e fazer visitas periódicas ao dentista. Uma vez diante de uma lesão suspeita, a biópsia (exame de um fragmento da lesão) deve ser realizada, e o paciente encaminhado a médico especializado.



Comunicar erro




VEJA MAIS