Perito é preso sob suspeita de estuprar seis adolescentes

Redação/ASP


As unhas bem feitas dos pés e uma cachorrinha branca de estimação levaram à prisão de um perito criminal de 34 anos acusado de estuprar pelo menos seis adolescentes, todas estudantes, com idades entre 15 a 18 anos, na região do Rio Pequeno (zona oeste de SP).

Uma das vítimas violentadas pelo perito só conseguiu ver os pés dele --as unhas eram bem tratadas. Outra garota abusada viu a cachorrinha, cuja raça não soube informar.

Uma terceira estudante viu por poucos segundos o rosto do policial.

Policiais civis do 51º DP (Butantã) percorreram, no início do mês, salões de beleza e pet shops, onde distribuíram retratos falados do suspeito na tentativa de identificá-lo.

Dias depois, uma informação anônima levou investigadores ao endereço do acusado.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!