Operação orienta motoristas profissionais sobre jornada de trabalho

Redação


Ministério Público do Trabalho e Polícia Rodoviária Federal vão explicar inovações da Lei do Motorista e promover ações de saúde aos motoristas.

Procuradores do Ministério Público do Trabalho (MPT) e inspetores da Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizam nesta quarta feira (25), em todo o país, operação conjunta para orientar motoristas profissionais sobre a nova jornada de trabalho da categoria. A operação, marcada para o Dia do Motorista, faz parte do projeto Jornada Legal, que o MPT desenvolve em parceria com a PRF para sensibilizar os profissionais do setor.

Em Mato Grosso do Sul, o projeto “Jornada Legal - Comando de saúde”, com orientações de saúde e segurança na rodovia e sobre a nova lei do motorista, será promovido das 7 às 11 horas e das 19 às 24 horas, no Posto PRF 21, na BR 163, km 453, em Campo Grande, na saída para São Paulo. No local, serão realizados exames de saúde e ginástica laboral.

A Lei 12.619, de 30 de abril de 2012, alterou artigos da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), regulamentando o tempo de trabalho e de descanso, e tornou obrigatório o controle de jornada dos motoristas que trabalham no transporte rodoviário de cargas e de passageiros.

A lei estabelece jornada de trabalho de 8 horas diárias e intervalo para descanso de 30 minutos a cada quatro horas ao volante. A partir do dia 30 de julho, o descumprimento desses intervalos será considerado infração grave, passível de multa e de retenção do veículo, até que o intervalo de descanso seja cumprido.

Estatísticas - Dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) revelam que o envolvimento de pelo menos um veículo de carga a cada quatro acidentes nas estradas ocorre, em geral, devido ao cansaço e à exaustão dos motoristas profissionais, após extenuantes jornadas de trabalho. Dos 192,1 mil acidentes ocorridos em rodovias federais em 2011, 66,6 mil (34,7%) envolviam caminhões.

Para o procurador do trabalho Cícero Rufino Pereira, que coordena o Fórum de Saúde, Segurança e Higiene no Trabalho (FSSHT-MS) e essa ação do projeto Jornada Legal no Estado pelo MPT, a inovação mais importante da nova lei é o resgate da dignidade do trabalhador das estradas, possibilitando a ele o convívio social e familiar. “O propósito da lei é impedir as jornadas exaustivas de mais de 14 horas diárias de direção, além de favorecer toda a sociedade, possível vítima dos acidentes de trânsito causados pelos caminhões e ônibus intermunicipais”, completa o procurador.

Serviço - Operação Jornada Legal
Data: 25 de julho de 2012 (quarta-feira)
Hora: das 7 às 11 horas e das 19 às 24 horas
Local: Posto PRF 21, BR 163, km 453, em Campo Grande, na saída para São Paulo

As informações são da Assessoria da PRF
 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!