Homem é executado a golpes de facão em obra ao lado de hotel

Redação


Um homem foi assassinado no início da manhã desta sexta feira (27), numa obra ao lado de um hotel, as margens da Rodovia BR 163, em Coxim.

Mauro de Souza Garcia de 29 anos, recebeu vários golpes de facão na região da cabeça e teve um dedo decepado.

As primeiras informações dão conta de que o suspeito é Ederson da Silva, padrasto de uma menina de 11 anos que teria sido estuprada por Garcia, em março deste ano.

A briga entre ambos começou a uns 200 metros da obra, onde a vítima levou um golpe na orelha esquerda. Machucado, Garcia correu e foi seguido por Silva, que desferiu outros golpes.

Segundo a perícia, um dos golpes na cabeça foi tão forte que quase partiu o crânio. O rosto da vítima ficou desfigurado. O corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), em seguida liberado para ser velado.

De acordo com o Edição de Notícias, o Delegado Titular de Coxim, Dr. Bruno Henrique Urban, disse que Garcia responde a pelo menos três inquéritos de estupro na DAM (Delegacia de Atendimento a Mulher). Ederson Silva, se apresentou por volta das 16h30 de ontem (27) e em seguida foi liberado.

Além dos estupros, a Polícia Militar informou que a vítima tinha passagens por outros crimes, como ameaça, lesão corporal dolosa e violência doméstica.

Estupro – O crime aconteceu na rua Ferreira, no bairro Piracema, em Coxim. A menina de 11 anos disse que acordou de madrugada com um homem em cima dela. Assustada, a menina perguntou quem era e o homem respondeu que era seu tio.

A partir deste momento, o homem começou a acariciar a menina, inclusive em seu órgão genital. A menina gritou e foi socorrida pelo padrasto, que entrou em luta corporal com o autor. Mesmo de cueca, o autor fugiu do local.
 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!