PRF mobiliza efetivo para a ‘Operação Independência’

Redação


Nos 3.409 quilômetros de Rodovias Federais em Mato Grosso do Sul, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) conta com 22 Postos de Fiscalização, e como é praxe em todas as operações desse porte, disponibilizará equipes volantes nos pontos mais sensíveis das rodovias.

A PRF sempre realiza levantamentos dos locais mais críticos com relação a acidentes, incidência de ultrapassagens proibidas e outras infrações. Com isso, é facilitado o planejamento para uma fiscalização mais eficiente. Receberão especial atenção Rodovia BR 163, principal via do estado e as vias de grande apelo turístico como as de acesso as cidades de Bonito, Jardim, Rio Verde de MT, Corumbá, e a BR 463 que é o acesso principal para aqueles que decidirem dirigir-se à cidade Paraguaia de Pedro Juan Caballero.

Operação Independência 2012 no Mato Grosso do Sul
Início: 00h do dia 06/09/2012 (quinta feira)
Final: 24h do dia 09/09/2012 (domingo)

Equipamentos disponíveis:

02 radares estáticos (fotográfico)

15 radares portáteis

25 Etilômetros (bafômetros)

30 viaturas

Efetivo: Todo efetivo operacional com reforço de policiais nas delegacias de Coxim e Naviraí.

O telefone “24 horas” da Polícia Rodoviária Federal para a comunicação de urgências ou emergências é o “191”.

Cansaço ao volante

O motorista profissional tem até o final do feriado de 7 de setembro para se adequar à nova lei, que o obriga a observar um intervalo mínimo de 30 minutos de descanso a cada quatro horas ininterruptas de direção. Além disso, dentro de um período de 24 horas, serão, ao menos, 11 de descanso. A partir do dia 11 de setembro, o descumprimento desses intervalos será considerado infração grave, passível de multa e de retenção do veículo. Durante a Operação Independência, os policiais realizarão ações educativas no sentido de orientar os profissionais do volante acerca das imposições da nova lei.

Vale lembrar que, no ano passado, 34% dos acidentes ocorridos em rodovias federais envolveram caminhões, que são apenas 3,2% da frota nacional.

O condutor deve programar paradas, pelo menos, a cada três horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da "hipnose rodoviária", na qual se mantém com os olhos abertos, mas sem percepção da realidade à volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora.

Período noturno

Evitar circular à noite. Além da redução da visibilidade, é o período do dia em que muitos delinquentes se aproveitam para a prática de crimes. Ademais, em caso de pane ou emergência, as opções de socorro, médico ou mecânico, são sempre mais lentas;

Previsão do tempo – Procurar se informar sobre as condições do tempo nos lugares por onde vai passar. O Instituto Nacional de Meteorologia (InMet) disponibiliza gratuitamente informações sobre o tempo no endereço. www.inmet.gov.br;

Dicas de viagem

O motorista deve procurar se informar sobre as distâncias que vai percorrer, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Não esquecer sua documentação e do veículo. Condutor e carro em dia são garantias de prosseguimento da viagem;

Revisão preventiva

Providenciar a checagem do automóvel mesmo para pequenas viagens faróis conferidos para ver e ser visto; pneus calibrados e em bom estado;motor revisado, com óleo e nível da água do radiador checados. Não se esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos deporte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para brisa e luzes do veículo.

Estatísticas orientam a fiscalização

Cada vez mais, a PRF realiza um trabalho pautado por dados estatísticos. Tanto a alocação do efetivo, quanto a distribuição de equipamentos como etilômetros, radares móveis e até aeronaves acontece de acordo com a análise do número de acidentes e ocorrências policiais, em determinados locais, ao longo dos últimos anos.

A PRF reforça o alerta ao motorista:

1-Não se arrisque, ultrapasse somente com total segurança. No ano passado, as colisões frontais, geralmente provocadas por ultrapassagens indevidas, causaram 31% das mortes em rodovias federais. Já a velocidade incompatível foi responsável por mais de 13%, em 2011.

2-A embriaguez ao volante, além de causar um grande número de acidentes, será punida exemplarmente. No ano passado aconteceram mais de sete mil acidentes cuja causa foi a ingestão de bebida alcoólica. A PRF fez, nesse período, quase 700 mil testes de etilômetro.

Restrição de veículos de carga

Para aumentar a fluidez do trânsito nas rodovias de pista simples, maior parte da malha viária nacional, o tráfego de veículos como caminhões bi trem, com dimensões excedentes e caminhões cegonha será restrito durante o feriado. Durante a Operação Independência, nos horários de maior movimento, esses veículos estarão proibidos de transitar, independentemente de possuírem Autorização Especial de Trânsito (AET).

O motorista que descumprir a determinação será multado pela PRF. A infração é média e será punida com multa de R$ 85,13 e perda de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação. Além disso, o condutor será obrigado a permanecer com o veículo estacionado até o final do horário de restrição.

Datas e Horários de Restrições:
Operação Independência
06/09/2012 (quinta feira) 16h às 22h
07/09/2012 (sexta feira) 06h às 12h
09/09/2012 (domingo) 16h às 24h

Tempo seco predomina
O sol deve aparecer em quase todo o país, durante todo o feriado da independência. A PRF, no entanto, lembra que o motorista não deve se descuidar. Cerca de 80% dos acidentes registrados nas estradas e rodovias federais, em 2011, ocorreram em pista seca.

Assessoria
 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!