Polícia Federal detém em São Paulo diretor do Google no Brasil

Agência Brasil


A Polícia Federal (PF) informou, por meio de nota, que cumpriu hoje à tarde o pedido de detenção do diretor-geral do Google no Brasil, Fábio José Silva Coelho. A detenção foi realizada em São Paulo por determinação da Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul.

A detenção ocorreu após a empresa negar o cumprimento de decisões judiciais que determinam a retirada de vídeos do YouTube que supostamente acusam um dos candidatos à prefeitura de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), de praticar vários crimes.

A medida foi determinada pelo juiz Flávio Saad Perón, da 35ª Zona Eleitoral de Campo Grande. Ele determinou a detenção porque a empresa não cumpriu a ordem de retirada dos vídeos, expedida na quinta-feira da semana passada.

Na segunda-feira (24), em nota, a empresa informou que iria recorrer da decisão, pois, de acordo com a empresa “ a responsabilidade dos vídeos postados no YouTube é dos usuários que utilizam o serviço”.

Segundo a PF, o diretor-geral do Google será liberado ainda nesta quarta. "Por se tratar de um crime de menor potencial ofensivo, apesar de trazido para a Polícia Federal, ele não permanecerá preso. Será lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência, com a oitiva do conduzido e sua liberação, após a assinatura do compromisso de comparecer perante a Justiça", informou a nota.

O juiz também encaminhou ofício à Embratel determinando a retirada do site em Mato Grosso do Sul por 24h.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!