UEMS de Nova Andradina recebe internet até seis vezes mais rápida

Assessoria


O tão aguardado aumento na velocidade da internet oferecida na Universidade de Mato Grosso do Sul – UEMS já chegou às 15 unidades, beneficiando diretamente servidores e alunos da instituição. Em algumas unidades universitárias, como Naviraí, Aquidauana, Paranaíba e Campo Grande, a velocidade de conexão aumentou em dez vezes, passando de um para dez megabits por segundo.

O diretor de informática da UEMS, Fábio Seabra, explica que o objetivo da instituição é fazer com que todas as unidades tenham um expressivo aumento na velocidade de conexão. “O único entrave é que em algumas cidades do interior não há infraestrutura técnica adequada capaz de comportar toda a velocidade que gostaríamos de implantar”, diz Seabra.

Em Cassilândia, Nova Andradina e Ponta Porã a velocidade da internet aumentou seis vezes e em Amambai, Coxim, Glória de Dourados, Ivinhema, Jardim, Maracaju e Mundo Novo a velocidade quadruplicou. Na sede universitária da UEMS, em Dourados, onde a instituição concentra a maior parte de sua estrutura administrativa e acadêmica, a internet passou de dez para 20 megabits por segundo.

Novos computadores

Além da progressão da velocidade de conexão, a UEMS está recebendo um grande investimento para a compra de computadores. Os recursos, somados, ultrapassam a marca de R$ 2,7 milhões, sendo R$ 333 mil vindos da própria instituição, R$ 1,25 milhões de duas emendas parlamentares, destinadas pelos senadores Biffi e Delcídio do Amaral e R$ 1,17 milhões do Programa Nacional de Assistência Estudantil para as Instituições de Educação Superior Públicas Estaduais.

Para o reitor Fábio Edir, os investimentos no parque tecnológico de informática da UEMS é uma forma de atender tanto a demandas administrativas da instituição como às necessidades pedagógicas dos acadêmicos. “Renovar nossos computadores e adquirir mais máquinas sempre foi nosso objetivo e é necessário destacar que a meta só foi alcançada graças a um trabalho de planejamento desenvolvido com muito empenho pela Universidade”, diz Fábio.
 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!