Rejeição de Giroto sobe e supera intenção de voto

Midiamax


Nova rodada da pesquisa DATAmax em Campo Grande revela que a rejeição do candidato Edson Giroto (PMDB) subiu e ultrapassou as intenções de voto. Segundo o levantamento, 26,4% dos entrevistados informaram jamais votar no governista, enquanto 24,4% declararam apoio à sua candidatura.

O deputado federal Vander Loubet (PT) aparece com o segundo maior índice de rejeição, com 20,1% de reprovação. No candidato do PSTU, Suél Ferranti, 10,2% se negam a votar, enquanto 4,6% rejeitam o deputado estadual Alcides Bernal (PP), líder na pesquisa de intenções de voto.

O vereador Marcelo Bluma (PV) aparece com 2,9% de rejeição, pouco a frente do professor Sidney Melo (PSOL), 2%. Terceiro lugar na corrida pela prefeitura da Capital, Reinaldo Azambuja (PSDB) é o candidato com menor percentual de rejeição, 1,7%.

Não reprovam nenhum dos sete candidatos 22,1% dos entrevistados e 1,7% rejeitam todos. Não se manifestaram 8,4%.

O DATAmax ouviu 765 eleitores entre 27 a 30 de setembro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) dia 26 com o número MS 00285/2012. A margem de erro do levantamento é de 3,5% para mais ou para menos e o grau de confiança é de 95%.

Comparativo

Em comparação à pesquisa anterior, realizada de 20 a 24 de setembro, Giroto viu sua rejeição subir de 24,5% para 26,4%. O percentual de Vander também cresceu, passando de 18,8% para 20,1%.

No levantamento anterior, Suél figurava com rejeição de 8,3%, enquanto Sidney Melo era reprovado por 3,8%. Bernal, por sua vez, aparecia como o quinto candidato mais rejeitado, com 3,4% das citações e Bluma figurava com 3,3%. A rejeição do tucano Reinaldo Azambuja era 1,6%.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!