CPI define oitivas com secretários municipais

Inquérito deverá ser encerrado após os depoimentos dos secretários de Saúde e Administração

Assessoria


A Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI instalada pela Câmara definiu, nesta quarta feira (10), as datas das oitivas com os secretários de Saúde e Administração, Tito José e Umberto Canesque Filho, respectivamente. A CPI foi instaurada para apurar denúncia de suposta participação de ambos em esquema de desvio de recursos da Saúde.

O primeiro depoimento será com Umberto Canesque Filho. O secretário de Administração será ouvido no próximo dia 24 de outubro, no plenário Sidney Sanches, às 10h. A oitiva com Tito José acontecerá no dia 7 de novembro, também na Câmara de Vereadores.

As datas foram definidas em reunião no gabinete do presidente da CPI, Glauco Lourenço (PMDB). “As oitivas não serão feitas no mesmo dia para podermos confrontar o depoimento do secretário com as informações já colhidas”, explicou o relator Dr. Sandro. Vicente Lichoti (PT), membro da Comissão, não participou do encontro.

O presidente da CPI acredita que o inquérito sobre os desvios na Saúde deverá chegar ao fim após o depoimento dos secretários. Contudo, o parlamentar ainda não descarta a possibilidade de outras pessoas serem convocadas. “Isso vai depender do depoimento dos secretários, se mais alguém for citado, vamos ouvir”, frisou Glauco Lourenço.
 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!