Enem prisional acontece em dezembro em 29 presídios da Agepen

Redação


O Exame Nacional do Ensino Médio – Enem será realizado nos dias (04) e (05) de dezembro em 29 presídios gerenciados pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário – Agepen, quatro a mais que em 2011. As provas serão aplicadas também no Presídio Federal e em unidades socioeducativas.

De acordo com a chefe da Divisão de Educação da Agepen, Elaine Arima Xavier Castro, o cadastramento dos internos acontecerá no período de 15 de outubro a 5 de novembro. A meta, segundo ela, é aumentar a número de participantes com relação ao ano passado, quando foram registradas 557 inscrições apenas entre custodiados da agência penitenciária; tendo em vista que agora mais unidades penais sediarão as provas.

Os reeducandos inscritos serão avaliados nas áreas de: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Redação e Matemática e suas Tecnologias.

Conforme o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep, do Ministério da Educação, os aprovados, além da certificação de conclusão do Ensino Médio, poderão concorrer a vagas em universidades e em programas governamentais.

Mudanças

Nesta edição, segundo a chefe da Divisão de Educação da agência penitenciária, o Inep traz algumas modificações para a realização do exame, fruto do trabalho do Comitê de Assessoramento da Aplicação dos Instrumentos de Avaliação, que está realizando a reformulação dos procedimentos relativos às aplicações dos exames e avaliações do Ministério da Educação junto à população carcerária e das medidas socioeducativas, e do qual Mato Grosso do Sul representa toda a Região Centro-Oeste nas discussões.

Entre as alterações já estabelecidas está a participação mais efetiva das administrações penitenciárias na realização dos exames. Outra novidade é que unidades que não possuem escolas instaladas também poderão sediar as provas.

Agepen
 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!