Após confusão, tiroteio fere dois palmeirenses perto do Prudentão

Gazeta Esportiva


A poucas horas do clássico deste domingo, entre Palmeiras e Corinthians, dois torcedores foram baleados próximo ao Estádio Eduardo José Farah. Ambos são palmeirenses e foram encaminhados ao Hospital Regional. Um deles, atingido na cintura, está em estado grave.

 

 

A confusão ocorreu perto da entrada do setor azul e teve início depois de provocação entre palmeirenses e corintianos. A Polícia Militar interveio, e então houve o tiroteio. De acordo com o Tenente César, não há confirmação ainda de onde é que partiram os disparos.

 

 

Além do torcedor baleado na cintura - que teria tatuagens com símbolos da Mancha Verde, principal organizada do Palmeiras, e que já passa por cirurgia -, outro foi atingido na perna. Este, porém, pode ter sido por munição de borracha, e não por arma de fogo, como o primeiro.

 

 

O efetivo destacado para o jogo, nos arredores do estádio, é de 438 policiais. Além de homens do policiamento de Prudente, fazem a segurança do clássico batalhões de cidades vizinhas. 

 

 

No centro de Prudente, o clima é de paz entre torcedores das duas equipes, tanto nas ruas como em estabelecimentos comerciais. A exceção teria sido uma troca de ofensas entre torcedores rivais em um dos shoppings da cidade (Prudenshopping), que foi abafada e não passou disso. 

Palmeiras e Corinthians se enfrentam a partir das 16 horas (de Brasília). O mando de campo é do clube alviverde, que optou por transferir o clássico deste domingo para o interior paulista. Foram colocados à venda 45 mil ingressos (60% para palmeirenses e o restante para corintianos). 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!