Compadre dispara e lembra que peoa se prostituía por R$20

Terra


Compadre Washington ficou visivelmente irritado ao receber a maioria dos votos dos peões de A Fazenda e ir para a roça, na noite deste domingo (4). Logo após a votação, o compositor ofendeu Raquel Pacheco (mais conhecida como Bruna Surfistinha) sem papas na língua e chegou a dizer que ela se prostituiu "por R$ 20".

Além de ter recebido o voto da blogueira, os dois discutiram ao vivo sobre uma brincadeira que aconteceu na festa da última sexta-feira, que não foi bem interpretada pelo colega. Alcoolizada, Raquel encarnou "Bruno", a versão masculina de sua personagem, e brincou que teria relações sexuais com Compadre.

Ao vivo, o compositor disse que não era homossexual para aceitar esse tipo de brincadeira. Na casa, pegou ainda mais pesado. "Vai meter o pepino no marido dela. Homem nenhum quer uma p.. dessa, ela é horrível", afirmou. Entre as ofensas, ele lembrou pejorativamente que a peoa fazia programas por R$ 20. "Estou indo para a roça por causa de uma pessoa dessa, digna", disse ironicamente o confinado, que recebeu o apoio de Gui Pádua.

Monique Evans, que também não escapou das críticas do peão - segundo a apresentadora, ele deu a entender que ela gastaria o dinheiro do prêmio com homens e remédios -, afirmou que Compadre estava “enlouquecido”.  

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!