Professor faz alunos de sete anos segurarem gelo seco

Da Redação


O professor de ciências uma escola que fez alunos segurarem gelo seco para testar quem aguentaria mais tempo foi condenado pela Justiça australiana, de acordo com a imprensa local nesta segunda-feira (22).

Segundo o jornal "Daily Telegraph", Damien Hilton fez com que os alunos cronometrassem o tempo de seus colegas.

O estudante que sustentou a dor por mais tempo — dois minutos em 20 segundos — teve queimaduras severas e precisou de tratamento especializado. Ao todo, 14 alunos foram hospitalizados. Todos eles na faixa dos sete anos de idade.

A juíza Jennifer Atkinson, de Newcastle, entendeu que o professor instruiu mal os alunos e não deu a importância devida a uma "atividade perigosa", além de não ter dado as instruções corretas sobre o manuseio do gelo, de acordo com o site “ABC”.

Hilton pode pegar até dois anos de prisão pelos ferimentos causados aos alunos em fevereiro do ano passado. A defesa do professor vai recorrer da decisão.

Com R7
 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!