Torcedores do Corinthians se envolvem em briga no Pacaembu após eliminação

Da Redação


O Corinthians empatou em 1 a 1 com o Boca Juniors no Pacaembu na noite desta quarta-feira (15), em jogo válido pelas oitavas de final da Libertadores da América. O resultado eliminou o time da competição.

Irritados com o resultado e com diversos erros da arbitragem, torcedores se envolveram em briga na saída do estádio, em frente a praça Charles Miller.

Segundo informações, a briga foi entre os próprios torcedores do Corinthians, mas de organizações rivais.

Policiais interviram no tumulto com bombas de efeito moral e com a cavalaria.

Durante a partida, a polícia já havia enfrentado problemas com torcedores exaltados. No intervalo, houve uma grande movimentação na área que fica entre a arquibancada e o alambrado. Os corintianos já estavam revoltados com um gol anulado e com um pênalti ignorado, e o corre-corre foi contido com uma ação forte dos soldados.

“Covarde, covarde”, gritou o público presente no setor verde das arquibancadas, dirigindo as palavras ao grupo policial. Alguns embarcaram no canto pensando estar ofendendo o árbitro paraguaio Carlos Amarilla, que acabaria deixando o estádio municipal escoltado e protegido por sprays de pimenta.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!