Em MS: presos 5 acusados de envolvimento com o CV

Da Redação


A Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (SENAD/PY) deflagrou ontem (21) a Operação Soberania, em Bella Vista Norte, distrito de Amambay que faz fronteira com Bela Vista, e prendeu cinco pessoas acusadas de homicídios motivados por “ajuste de contas”, além de tráfico de drogas e de armas. A Polícia Federal prestou apoio para impedir fugas para o território brasileiro.

A SENAD/PY apreendeu três fuzis, uma escopeta, três pistolas, um rifle e um revólver, assim como munições de diversos calibres e cinco veículos. Um dos carros era um Porsche Cayenne blindado. A polícia paraguaia suspeita que os presos tenham envolvimento com o Comando Vermelho, facção criminosa do Rio de Janeiro.

Foram capturados: Emiliano Rojas Giménez, de 36 anos, que tem antecedentes por tráfico e posse de drogas, Luis Jorge Meza López, 22, Edgar Irala, de 22 anos, Luis Recalde, de 42 anos e Francisco Inácio, de 49 anos, brasileiro que tem passagem por homicídio. Giménez é apontado como o pistoleiro da quadrilha e responsável por homicídios atribuídos ao grupo.

Correio do Estado, Folha Press
 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!