PC encerra greve depois de nova negociação

Campo Grande News


Depois de reunião nesta manhã com o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Jerson Domingos, os policiais civis em greve decidiram acabar com a paralisação que completa seis dias nesta quarta-feira.

O Legislativo foi porta-voz de nova proposta à categoria e os policiais acabaram concordando com os índices apresentados. Ao fim do encontro, o presidente Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul). Alexandre barbosa, comentou que "não era o que queria, mas mesmo assim resolvemos aceitar os novos índices".

Haverá reajuste de 7% este ano, 9% em maio de 2014 e 11% em dezembro de 2014. Também já havia sido acordada a ampliação da etapa alimentação e todos os 2.2 mil policiais de Mato Grosso do Sul passarão a receber R$ 100,00.

O reajuste representa acréscimo de R$ 160,00 ao salário inicial, a ser pago em junho.

Outro quesito bastante cobrado pelos manifestantes foi resolvido na manhã de hoje. O sindicato que representa a categoria queria mudança no sistema de promoções. Antes, eram 50% por mérito e 50% por antiguidade. A partir de agora serão 80% por antiguidade e apenas 20% por mérito. Serão 120 vagas este ano ainda para promoções.

Outro ponto polêmico era o fim da "Classe Substituta", a etapa inicial na Polícia Civil. O Estado quer extinguir e automaticamente promover todos que hoje estão nesta fase à 3ª Classe. A categoria é contra, por isso ficou acertado que este ponto será retirado de pauta de votação para mais negociações sobre o assunto.

Todas as faltas registradas nos últimos seis dias serão abonadas, conforme compromisso firmado com o governo estadual.

Hoje, às 13h, foram realizadas assembleias em todos os municípios para confirmar o fim da paralisação, mas o Sinpol já dá como certo o encerramento da greve.

A Assembleia também se comprometeu a criar uma comissão para verificar as condições de delegacias e apurar denúncias de falta de estrutura.

Com o acordo, a tabela de reajuste da Civil será votada ainda hoje na Assembleia.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!