Polícia conclui que homem matou a namorada em motel

Da Redação


O operário Arnaldo Amador de Melo de 46 anos, foi preso em flagrante após matar a namorada, a cabeleireira Valdelice Soares Silva de 44 anos, em um quarto de motel na rua Jaguapitã, zona sul de São Paulo.

Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 5h30 deste domingo (25), cinco minutos depois do casal entrar no motel em um Ford/Escort dourado.

Funcionários do motel tentaram contato pelo interfone após ouvirem Valdelice gritar "para, para". Sem resposta, o porteiro foi até o quarto e bateu na porta. Novamente, nada. Ele então olhou por baixo da porta e viu os dois caídos.

A perícia realizada no quarto concluiu que três tiros foram disparados com um revólver calibre 38. Dois atingiram a cabeleireira: um no braço e um no rosto. Melo foi atingido no peito. A Polícia Civil sustenta que ele matou a namorada e depois tentou suicídio.

Melo está internado sob escolta policial no hospital de Heliópolis. De acordo com a Polícia Civil, seu estado é estável.

Com informações da "Folha de S. Paulo"

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!