PMA fecha e autua mineradora que extraía areia ilegalmente

Da Redação


Policiais Militares Ambientais de Aquidauana autuaram na tarde desta quinta (27) um proprietário de uma mineradora, que funcionava sem a licença ambiental. O proprietário de uma chácara, localizada nas proximidades do km 443 da rodovia BR 262, em Anastácio havia construído uma caixa com 15 metros de comprimento, por dois metros de altura e oito de largura, a 70 metros da margem do rio Aquidauana, para armazenar areia que era retirada por uma draga instalada no rio, com canos levando o material até o caixa. Havia, inclusive, alteração da APP - Área de Proteção Permanente do rio.

Segundo a PMA, o areeiro possuía apenas a licença ambiental prévia e não a licença de operação, que permitiria o trabalho. A draga foi apreendida e as atividades foram interditadas.

O infrator de 66 anos, residente no local, foi autuado administrativamente e multado em R$ 15.000,00 e ainda responderá por crime ambiental, que tem pena de detenção de um a três anos. Ele foi notificado a apresentar um PRAD – Plano de Recuperação da Área Degradada, junto ao órgão ambiental.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!