Canil de MG sacrificou mais de 140 cães em três meses

Da Redação


Unidade recebe cães abandonados pelos donos - Foto: Record Minas

O canil municipal de Juiz de Fora (MG), na Zona da Mata mineira, está sendo alvo de denúncias de maus tratos aos animais. Nos últimos três meses, 142 cães foram sacrificados na unidade, segundo informações do “R7”.

O local recebe animais abandonados, mas não possui uma clínica veterinária. Segundo, Paulo Medeiros, representante da ONG Animal e Natureza, os animais estão morrendo por causa da falta de estrutura.

“Não existe área de isolamento, área para limpeza. Não existe proteção para os animais, que ficam deitados no cimento, o que prolifera mais doenças”.

A veterinária do canil, Liza Nery, disse que os animais sacrificados chegaram até o local com lesões e doenças graves, entre elas a cinomose, um vírus que se espalhou entre os cães nos últimos meses.

“São animais de rua, abandonados pelos donos e que não tinham condições de recuperação”.

A médica diz que o problema tem solução: o centro de zoonoses, que contemplaria todos os controles do município, a castração e os cuidados dos animais. A prefeitura da cidade não foi encontrada para comentar o assunto.
 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!