Dentista e recepcionista são estupradas dentro de clínica

Diário de SP


Uma dentista e uma recepcionista afirmaram que foram vítimas de estupro durante um assalto a consultório, anteontem, no Tatuapé, Zona Leste da capital. O criminoso havia marcado consulta para as 15h e rendeu as vítimas ao chegar. Segundo a polícia, o bandido pode ser o mesmo que assaltou outras duas clínicas na região.

“As vítimas reconheceram o assaltante que aparece em um vídeo de câmera de segurança de outro consultório”, afirma o delegado João Gilberto Pacífico, titular do 30 DP (Tatuapé). O crime anterior — em que não houve abuso sexual — ocorreu no dia 6, também no Tatuapé.

De acordo com o delegado, o homem entra sozinho nos consultórios e usa uma arma pesada — provavelmente uma espingarda. Há, porém, a suspeita de que ele tenha a ajuda de outra pessoa para fugir, pois costuma falar ao telefone durante as ações. Nos dois primeiros assaltos, o bandido fugiu levando dinheiro. No último, ele roubou um laptop.

Sigilo telefônico
Para tentar localizar o criminoso, a polícia pediu a quebra de sigilo dos telefones usados para marcar e confirmar as consultas. “Mas é importante que quem o reconheça ligue para o Disque-Denúncia”, afirma o delegado. O número é 181.
 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!