Na entressafra de boi gordo, sindicalista teme onda de demissão nos frigoríficos

Da Redação


O início do período de entressafra de boi gordo no mercado já preocupa o movimento sindical de Mato Grosso do Sul, que teme demissões nos frigoríficos.

>>Leia também
JBS de Nova Andradina demite turma da desossa

De acordo com Rinaldo Salomão, presidente do STIAA/CG – Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Alimentação e Afins de Campo Grande e Região e representante de MS na CNTA/Afins – Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins, a seca começou muito violenta este ano e o número de cabeças fornecidas para abate no Estado começou a cair.

“Esperamos que os frigoríficos não demitam. Que eles consigam atravessar esse período de entressafra o mais rapidamente possível, sem grandes prejuízos”, afirmou o sindicalista.
 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!