Neto faz a entrega de bolsas da Rede Cegonha para gestantes de Nova Alvorada

Da Assessoria


O prefeito municipal de Nova Alvorada do Sul, Juvenal Neto juntamente com a secretária de saúde, Adeliza Abrami entregaram na tarde desta quinta-feira (8), Bolsas da Rede Cegonha para as gestantes atendidas na unidade básica de saúde, Isabel Menezes Coelho.

Lançada em março de 2011 pelo Governo Federal, a Rede Cegonha é um programa que visa garantir atendimento de qualidade a todas as brasileiras pelo Sistema Único de Saúde (SUS), desde a confirmação da gestação até os dois primeiros anos de vida do bebê. Ela terá atuação integrada às demais iniciativas do SUS para a saúde da mulher.

O prefeito Juvenal Neto destaca a importância do acompanhamento médico para as futuras mamães. “É importante que as mulheres comecem a fazer seu pré-natal assim que tiverem a gravidez confirmada, ou antes, de completarem três meses de gestação. Alguns exames feitos durante o pré-natal são importantes para detectar problemas, como doenças que possam afetar a criança ou o seu desenvolvimento no útero. Pensando no maior conforto para as futuras mamães que entregamos também esta bolsa para que possam utilizar da melhor forma possível durante os primeiros anos de vida da criança”, conta Juvenal Neto.

A secretária de saúde, Adeliza Abrami destaca que todos os profissionais da saúde estão capacitados para dar orientações para preparar a mulher para a maternidade, proporcionando informações educativas sobre o parto e o cuidado da criança. “Nossos profissionais passam por cursos periodicamente para que todos estejam capacitados para fornecer orientações essenciais sobre hábitos de vida e higiene pré-natal, orientar sobre a manutenção essencial do estado nutricional apropriado de cada paciente, sobre o uso de medicações que possam afetar o feto ou o parto e orientar psicologicamente a gestante para o enfrentamento da maternidade” finaliza Adeliza.

Maíra Rodrigues acha positivo a distribuição de bolsas para as gestantes, “é muito importante a orientação que recebemos nas unidades de saúde e a distribuição das bolsas da rede cegonha, eu estou no oitavo mês de gestação e ainda não tinha a minha, agora posso ficar despreocupada pois já tenho como guardar as coisas do bebe quando sair da maternidade” finaliza.


Orientações

Para garantir uma gestação tranquila e a segurança do bebê, é fundamental que a futura mãe tome cuidados especiais. Fazer o acompanhamento pré-natal e adotar um estilo de vida saudável, evitando o consumo de bebidas alcoólicas e cigarros, são algumas dessas práticas.

Outra forma de suprir as necessidades diárias do organismo durante a formação do bebê é manter uma alimentação balanceada. Para isso, deve-se incluir o consumo de proteínas (carnes magras, aves, peixes), ferro (leguminosas como feijão, grão-de-bico e soja), vitaminas do complexo B (tomate, ervilha e brócolis), cálcio (leite, iogurte e queijos) e grãos e cereais (pães, arroz, aveia e massas). O consumo de fibras, presentes nas frutas e nos cereais integrais, também é essencial, pois auxilia no funcionamento do intestino, que fica mais lento nessa fase. Já os alimentos com excesso de açúcar, sal, gorduras e aditivos químicos devem ser evitados.

Como o tempo de digestão é maior na gestação, o ideal é se alimentar com moderação e a cada três horas, em seis refeições ao dia: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia. Isso pode amenizar sensações como azia e gases e controlar melhor o ganho de peso, que deve ficar entre 9 e 12 quilos até o fim da gravidez. Outra dica é comer carnes e legumes sempre bem cozidos e lavar bem as verduras, para não haver contaminação por toxoplasmose. Os exercícios físicos também são recomendados para aliviar eventuais desconfortos trazidos pelas mudanças no organismo.
 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!