Funcionária simula roubo de R$ 7 mil e é descoberta pela polícia

Da Redação


No início da noite do último dia (10), uma funcionária da Associação das Empresas de Transporte Coletivo e Urbano (Assetur) registrou uma ocorrência de roubo.

Segundo Bárbara Liege Coutinho Greff de 25 anos, ela estava trabalhando no guichê do terminal de ônibus quando um indivíduo simulando estar armado chegou na porta da cabine e anunciou o roubo, levando R$ 7 mil reais.

Nas investigações conduzidas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), as imagens da execução do roubo aparece a funcionária Bárbara entregando o dinheiro para o assaltante, porém de livre e espontânea vontade, sem haver ameaça ou constrangimento por parte do autor contra a vítima, demonstrando-se que a funcionária participou do crime.

Já na Delegacia, Bárbara Liege confessou que o roubo foi simulado “a mando” de uma pessoa e que já estava aguardando o suposto assaltante que iria pegar o dinheiro como mostram as imagens.

As investigações prosseguem a fim de ser identificado o indivíduo que recebeu o dinheiro da funcionária e a pessoa que ligou para ela dizendo que iria mandar um indivíduo buscar o dinheiro.

A acusada foi indiciada no crime de furto qualificado e também responderá por comunicação falsa de crime.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!