Yamaha lança XTZ 150 Crosser

Da Redação


Aproveitando o novo motor flex que equipa desde outubro a YS 150 Fazer, a Yamaha criou também a XTZ 150 Crosser. A moto foi concebida por engenheiros japoneses e brasileiros. Chega em abril às concessionárias em duas versões: E, com partida elétrica, freios a tambor e preço sugerido de R$ 9.050; e ED, que como itens extras vem com freio dianteiro a disco, guidão ajustável em distância, com a mira apontada para a Honda NXR Bros 150.

Com suspensões de maior curso e rodas aro 19″ na frente (pneus 90/90) e 17″ atrás (110/90), o modelo é bastante apto a enfrentar as esburacadas ruas brasileiras e também as infindáveis estradinhas de terra do interior do país. O peso aumentou 16 kg em relação a Fazer 150 (120 kg no total), mas o banco está 4 cm mais baixo se comparado ao da XTZ 125. Ou seja, a ideia era manter a facilidade de pilotagem mesmo para condutores de baixa estatura.

O motor é exatamente o mesmo da Fazer 150, um monocilíndrico flex com injeção eletrônica que rende 12,2 cv de potência com gasolina e 12,4 cv com etanol a 7.500 rpm, sempre com torque de 1,28 kgfm a 6.000 rpm. O câmbio de cinco marchas e relação também foram mantidos da irmã street, assim como o belo painel que mescla instrumentos digitais e analógicos.

No visual, a Crosser chama atenção pelo bico vazado e pelo tanque elevado (12 litros) com tomadas de ar. O escape foi posicionado de forma mais inclinada para aliviar o calor para o garupa. A traseira conta com lanterna bem mais moderna que a da Lander 250 e um bagageiro para 7 kg de carga, com alças de alumínio.

A nova XTZ 150 estará disponível nas cores cinza grafite, branca e laranja.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!