Ex-PMs são metralhados na fronteira do Brasil com Paraguai

Da Redação


Os ex-policiais militares Luis Angel Ayala de 48 anos, e Edson Borda da Silva de 50 anos, ambos de Campo Grande, morreram em uma troca tiros, por volta das 16h30, desta sexta-feira (14) em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, cidade que faz fronteira com Ponta Porã.

Segundo o “Amambay Notícias”, site local de Pedro Juan, Ayala foi atingido por três tiros na cabeça e cinco nas pernas. O corpo do outro domem foi transferido para o Hospital Regional e ainda não foi identificado.

Os crimes mobilizaram as polícias paraguaias e de Ponta Porã. Segundo o site, não há informações sobre como começou o tiroteio e quem seriam os assassinos.

Ainda segundo o site, o duplo homicídio seria o típico de "acerto de contas", e as vítimas estariam envolvidas no crime organizado na fronteira, eles foram interceptados por homens armados a bordo de uma GM/S10.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!