Quadrilha de Nova Andradina rouba caminhão e é presa na fronteira

Da Redação


Local onde a vítima ficou rendida dentro da mata em Nova Andradina - Foto: Jornal da Nova

Na tarde desta segunda (17), três membros de uma quadrilha que roubaram um caminhão Agrale modelo 1300, prancha, com placas de Cascavel (PR), em Nova Andradina, foram presos na região de Ponta Porã, por uma equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal), o caminhão foi recuperado.

O Jornal da Nova apurou que o motorista de 45 anos, natural e morador de Toledo (PR), que trabalha em uma empresa, foi contatado pela quadrilha para realizar um frete em Nova Andradina. Convencido que era verdade, a empresa enviou do Paraná para Nova Andradina, o motorista com o caminhão, que ao chegar na cidade, foi recepcionado por dois rapazes na região da rodoviária.

Após conversarem, a dupla subiu no caminhão e orientou o motorista ir ao sentido do cemitério pela rua Da Saudade, quando chegaram na última rua, pediram para o motorista virar a direita, passaram atrás do cemitério e pararam em uma mata [mata do Horto Florestal] e anunciaram o roubo.

A dupla, armada com um revólver, rendeu o motorista e obrigou ele a entrar dentro da mata, sob ameaça, o motorista foi amarrado com fita adesiva, enquanto um armado ficou no cativeiro, o outro pegou mais dois indivíduos e fugiram rumo a fronteira com o Paraguai pela rodovia BR-463.

A todo tempo, a quadrilha se comunicava via celular, até quando a PRF interceptou o caminhão no Posto Policial Capey, na altura do km 68, da BR-463, a poucos quilômetros da fronteira de Ponta Porã com Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

Cristiano Gonçalves, Alex Manoel Gonçalves e Lucas da Silva Araújo todos moradores de Nova Andradina - Foto: Jornal da Nova

Diante do nervosismo e contradições de Alex Manoel Gonçalves de 40 anos, Lucas da Silva Araújo de 20 anos e Cristiano Gonçalves de 19 anos, todos moradores de Nova Andradina, os policiais descobriram que o caminhão teria sido roubado em Nova Andradina. Nesta mesma hora, a vítima foi libertada do cativeiro e procurou ajuda, onde a Polícia Militar foi acionada.

O intercâmbio entre a PRF, PM e Polícia Civil de Nova Andradina, os policiais descobriram mais membros da quadrilha, que poderão ser presos no decorrer das investigações que estão a cargo da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) e Polícia Civil de Nova Andradina.

Os três suspeitos receberam voz de prisão e foram encaminhados juntamente com o caminhão recuperado para a Defron em Dourados, onde o flagrante foi lavrado. 

Caminhão recuperado no posto da PRF no km 68 da BR-463 - Foto: PRF/Divulgação 

Todos os três suspeitos já cumpriram pena na cadeia pública de Nova Andradina, com passagens por tráfico de drogas entre outros delitos. Os três podem ser recambiados para Nova Andradina.

Para o Jornal da Nova, a equipe da Defron disse que investigam também a participação da quadrilha em outro roubo dos mesmos modus operandi que aconteceu no último dia (7), onde um motorista de 60 anos, natural de Florianópolis (SC) e morador de Rio Brilhante, foi vítima de roubo por uma dupla armada que o rendeu, amarrou e, em seguida levou o seu caminhão VW/710, de cor azul, com placas BWK-3579 de Rio Brilhante.

>>Leia também

Motorista foi rendido, teve caminhão roubado e ficou preso em cativeiro em Nova Andradina

A polícia acredita que o caminhão desta segunda iria ser trocado por drogas no Paraguai.

A reportagem apurou que, Cristiano Gonçalves é o jovem que tentou fugir da cadeia pública e levou um tiro na cabeça do policial que estava na sentinela no dia (30) de setembro de 2013, ficou internado por vários dias, teve alta, voltou para a cadeia e teve liberdade poucos dias depois.

>>Leia também
Preso é baleado tentando fugir da cadeia

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!