Em 2014, população de Nova Andradina já pagou mais de R$ 24,1 mi em impostos

“Até o fim do ano, a previsão é de que o contribuinte Novandradinense pague R$ 176,2 milhões em impostos”.

José Antônio de Andrade


Mantido o ritmo atual, 2014 deve fechar com novo recorde de arrecadação. Até a manhã desta sexta-feira (21), os Novandradinenses já haviam desembolsado pouco mais de R$ 24,1 milhões no ano, em impostos nas três esferas do governo, de acordo com o “Impostômetro”, painel eletrônico mantido pela Associação Comercial de São Paulo. No ano passado, essa cifra só foi alcançada no início de março. Um crescimento de 20% frente o mesmo período de 2013.

Conforme dados colhidos pela reportagem, no site da Associação, a arrecadação de impostos no município em 2013, foi de R$ 146,9 milhões. Números que devem ser superados esse ano, onde a previsão é de R$ 176,2 milhões. Mantendo o crescimento em torno de 20% no acumulado do ano, frente a 2013.

Com base nos dados desse ano, podemos apurar que cada pessoa de Nova Andradina pagou R$ 516 reais em impostos. Números que devem ultrapassar os R$ 3,2 mil até o fim do ano. Por hora, a arrecadação ultrapassa R$ 19,5 mil no município.

Com os R$ 146,9 milhões, ainda de acordo com o “Impostômetro“, seria possível construir mais de 128 quilômetros de estradas asfaltadas. Daria ainda para construir 4.194 casas populares de 40m2, ou comprar 1824 ambulâncias equipadas. Já com os R$ 24,1 milhões arrecadados nos primeiros dias de 2014, já seria possível construir 691 casas populares de 40m2, ou construir pouco mais de 21 quilômetros de estradas asfaltadas.

Em Mato Grosso do Sul, de 1 de janeiro, até hoje, (21) a arrecadação soma R$ 1,1 bilhão. A arrecadação de impostos em 2013, no estado somou pouco mais de R$ 6,2 bilhões. A expectativa para esse ano, é que as cifras ultrapassem os R$ 6,7 bi. Já no acumulado do ano, no Brasil, de janeiro para cá, já foram arrecadados R$ 292,774 bilhões. Números que poderão chegar há 1,8 trilhões, até o fim do ano.

O consumidor brasileiro sabe que paga impostos, mas desconhece o quanto e o que paga. Há maioria das pessoas imaginam que, os empresários são os únicos a pagarem impostos. Mas quando na verdade, todos pagam. Independente da idade, classe social, ou condições financeiras. Ao comprar um doce no barzinho da esquina, uma roupa nova, ou um contrato de prestação de serviços, está pagando impostos aos três governos, sendo eles “municipal, estadual e federal”.

Mas há de se ressaltar, que as empresas tem uma função importante na economia, como também na vida de cada cidadão, pois dão empregos e renda, mas depende do cidadão como consumidor de seus produtos e serviços. Os empresários investem seus recursos próprios nos negócios, mas esperam um bom retorno desses investimentos para investir mais e gerar mais lucros, possibilitando mais emprego e renda no município.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!