Efantina de Quadros estimula a inclusão digital dos alunos da EJA

Da Assessoria


Para mostrar que não há idade para aprender, a escola Municipal Professora Efantina de Quadros tem possibilitado e incentivado, através de sua sala de tecnologias educacionais, o acesso dos alunos da EJA – Educação de Jovens e Adultos – ao mundo digital. Mundo esse que era, há alguns anos, inacessível para muitas pessoas, especialmente aqueles que pensavam não ter mais idade para manusear as tecnologias.

Pensando nisso, os alunos das 1ª e 2ª fases da EJA sob a regência dos professores Márcia Guimarães e Ronyvaldo de Souza tem aproveitado essa oportunidade e realizado trabalhos educativos utilizando aplicativos e sites educacionais. Segundo a professora Márcia: “o despertar dos alunos em relação às tecnologias foi surpreendente, pois eles estão aprendendo com seus próprios erros e já manifestam interesse em aprender cada vez mais, e esse interesse tem refletido na sala de aula de alfabetização”.

Para o estudante Sidney Soares de Freitas, que nunca se imaginou manuseando um computador, utilizar essa tecnologia na escola o encorajou a comprar seu próprio computador e agora ele até deseja abrir uma conta em uma rede social, “mas sempre com muito cuidado com meus dados”, ressalta ele. Foi percebido que até a inclusão da turma na Sala de Tecnologias, a grande maioria não havia tido contato direto com computares, o que é possibilitado pela escola a todos os estudantes.

Passado o momento de medo e desconfiança que tinham quando se falava em computadores, os alunos aceitaram e tiveram sua auto estima elevada através do uso das ferramentas, percebendo assim, que eram capazes de serem sujeitos de sua própria aprendizagem.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!