Carnaval injeta R$ 1 bilhão na economia de Salvador

Da Redação, com Band News FM


Os cinco dias de Carnaval renderam ganhos para as cidades que comemoraram a folia. Apenas em Salvador, a festa injetou R$ 1 bilhão na economia e gerou a criação de 50 mil empregos diretos; as vendas de abadás e camarotes cresceram 20% em relação a 2013.

Em Fortaleza, a taxa de ocupação ficou em 91%; o Carnaval colocou R$ 191 milhões na economia da capital cearense, com cada turista gastando R$ 1.152, em média.

Em São Paulo, a taxa de permanência nos hotéis da capital subiu para quatro dias e meio; cada turista desembolsou R$ 762, em média.

No Rio de Janeiro, apesar do aumento de 20 mil turistas em relação ao ano passado, a taxa de ocupação nos hotéis foi de 75%; em 2013, o índice era foi de 90%. Já em Belo Horizonte, a taxa de ocupação dos hotéis subiu 13% e teve média de 28%.

No Rio Grande do Sul, a cidade mais procurada durante o Carnaval foi Tramandaí, no litoral norte do estado, que teve aumento de 40% nas vendas do comércio.

No litoral do Paraná, a taxa de ocupação não passou de 70% e houve queda de 60% no faturamento do comércio da região.

Em Brasília, 300 mil pessoas acompanharam os desfiles das escolas de samba e dos blocos de rua; o lucro do comércio foi baixo porque as lojas ficaram fechadas de domingo a terça-feira.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!