MP/MS consegue condenação e jovem pega 14 anos de prisão por participar de racha

Da Redação, com MP/MS


Foi condenado a 14 anos de prisão, por homicídio qualificado, o universitário Ryan Douglas Wehner Vieira de 21 anos. Ele foi acusado pelo MP/MS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) de ter participado de uma disputa de racha com Marcos Vinicius Henrique de Abreu, então com 22 anos, que morreu no acidente, ocorrido no dia 31 de março do ano passado.

De acordo com a sentença do juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Aluízio Pereira dos Santos, Ryan foi condenado por homicídio qualificado, pela morte de Marcos, e tentativa de homicídio qualificado, pois Letícia Souza Sant, então namorada da vítima, também estava dentro do carro atingido.

Segundo o Promotor de Justiça Celso Antônio Botelho de Carvalho que atuou no júri “quando se pratica um racha entre veículos, você sabe que um dos carros não vai mais obedecer ao condutor”.

Caso
A disputa entre os veículos começou no cruzamento das avenidas Afonso Pena e Duque de Caxias. Alguns metros depois, houve o acidente que envolveu ainda mais dois automóveis.

O Polo acabou batendo em um poste, derrubando-o. O carro partiu ao meio e Marcus morreu horas depois na Santa Casa. A namorada dele, que também estava no automóvel, quebrou o braço esquerdo e ficou quatro dias internada.

Ryan foi autuado em flagrante e já teve o pedido de liberdade provisória negado.


Com informações Campo Grande News e Correio do Estado

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!