Grupo denuncia quatro invasores do CT corintiano

Da Redação


O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) entrou com uma denúncia contra quatro torcedores do Corinthians que participaram da invasão ao Centro de Treinamento do clube, no início de fevereiro. A informação foi apresentada pelo portal Lance! e confirmada pelo UOL Esporte. O processo está em segredo de Justiça.

O processo enquadra três torcedores que já estão presos e mais um foragido. Tiago Aurélio dos Santos Ferreira, que se entregou à polícia no dia 26 de fevereiro, Gabriel Monteiro de Campos e Tarcísio Baselli Diniz já estão atrás das grades. Fernando Wilson de Carvalho ainda é procurado.

De acordo com o Lance!, os torcedores foram enquadrados por "formação de quadrilha, constrangimento ilegal e dano qualificado". O documento em questão aponta os quatro integrantes como "líderes da invasão" e declara que eles tinham a intenção de agredir, constranger e ameaçar os atletas corintianos.

No dia 1º de fevereiro de 2014, um grupo de torcedor organizados foi ao local para protestar – três dias antes, a equipe alvinegra havia perdido por 5 a 1 para o Santos em partida válida pelo Campeonato Paulista.

Centenas de torcedores do Corinthians fizeram parte do protesto no CT. Houve relatos de roubo, agressão, intimidação e depredação. O elenco alvinegro chegou a ameaçar não entrar em campo no dia seguinte, quando o time do Parque São Jorge enfrentaria a Ponte Preta.

Bol

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!