Picadas de escorpião mata uma criança

Redação


Maria Eduarda Rissi, de 3 anos, foi picada ao pegar o seu sapato, onde o escorpião estava escondido. De acordo com a família, ela estava brincando de matar bichinhos de luz no quintal da casa, no bairro São Francisco, na Capital, quando pegou o sapato para bater nos insetos. Ela foi picada três vezes no dedo médio da mão direita.

A família levou imediatamente para Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas criança já chegou com vômitos e dores. O quadro foi cada vez mais se agravando e acabou sendo transferida para o Hospital Regional. A criança morreu de edema pulmonar, hemorragia pulmonar e parada cardíaca respiratória. O fato aconteceu na quarta-feira (26), e a criança morreu no dia seguinte, 18 horas da ocorrência. Ontem ela foi sepultada. Maria Eduarda faria aniversário na próxima segunda-feira e a festa já estava organizada para acontecer no próximo sábado.

As autoridades alertam que geralmente esses animais ficam nos quintais e terrenos. Eles se escondem em locais que têm madeiras, restos de construção, grama alta e outros entulhos. Durante o dia eles ficam escondidos para não serem comidos por pássaros e a noite saem para comer. Quando chove eles se escondem nas casas.

Uma forma de prevenção é jogar água sanitária nos ralos, pias e tanques. O cheiro espanta o escorpião. (Com informações Dourados Agora)

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!