Paulista é autuado por construção de rancho pesqueiro ilegal

Da Redação


Policiais Militares Ambientais de Bonito realizavam fiscalização, nesta sexta (21), no rio Miranda, no município e localizaram uma construção ilegal à margem do rio. O proprietário realizava uma obra em alvenaria, para um rancho pesqueiro dentro da área que deveria ser conservada de vegetação de mata ciliar APP (Área de Preservação Permanente), em um loteamento denominado Pesqueiro do Noé, sem autorização ambiental. No local deveriam ser conservados 100 metros de matas ciliares e o infrator construiu a 60 metros do rio.

Os policiais interditaram as atividades. Pela infração administrativa, o autuado, residente em Mogi Guaçu (SP) recebeu multa de R$ 10 mil reais. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental Estadual um Prad (Plano de Recuperação da Área Degradada).

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!