PF prende ex-assessor de deputado e PM com armas, dinheiro e cocaína

Da Redação


Um sargento da Polícia Militar de Mato Grosso, um ex-assessor parlamentar da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e a esposa dele foram presos pela Polícia Federal no município de Corumbataí, interior de São Paulo, com 53,4 Kg de pasta base cocaína, uma arma de fogo, quatro carros, sendo dois importados e mais de R$ 190 mil em dinheiro. De acordo com informações da PF, os três estavam em um sítio próximo a rodovia Washington Luís, SP-310, na madrugada da última quinta (20).

O ex-assessor é Alci Mozer preso, ex-funcionário do gabinete do deputado estadual Antônio Azabuja (PP). Apesar de Mozer ainda se identificar como assessor da Assembleia Legislativa de Mato Grosso em sua página pessoal do Facebook, a assessoria do parlamentar afirmou que ele foi exonerado em junho de 2013 por “não corresponder às expectativas profissionais”.

Já o sargento foi identificado somente pelo nome de guerra, “De Brito”. Segundo o coronel Serbija, coordenador de Marketing da PM de (MT), o policial preso estava de licença para tratamento médico. “Ele não estava a serviço. Cometeu um crime de natureza comum. Contudo, quando formos notificados, será aberto um processo administrativo e todas as medidas cabíveis serão tomadas”, explicou.

Os três foram encaminhados para a delegacia federal de Piracicaba (SP) e depois devem ser encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal de São Paulo.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!