Preso serra grades da cela e foge da cadeia

Da Redação


Fugiu da cadeia pública de Batayporã no último domingo (23), o preso Aparecido de Oliveira Alves, natural de Batayporã, mais conhecido como “Aparecidinho”, depois de serrar as grades da cela em qual estava custodiado.

>>Leia também
Batayporaense é detido pela PM em Nova Andradina por desobediência

Aparecidinho foi detido pela Polícia Militar de Nova Andradina por volta das 0h10, na avenida Avelino Fernandes Sena, no Argemiro Ortega, em Nova Andradina, no dia 17 de janeiro deste ano.

Segundo a ocorrência policial, Aparecidinho havia saído da cadeia de Batayporã no último dia 17 de dezembro de 2013 e não poderia estar nas ruas naquele horário, pois estava no regime semiaberto, sendo que tinha que estar recolhido em sua residência a partir das 20h.

Ao ser abordado, Aparecidinho ainda tentou se esconder da viatura em uma árvore, mas foi visualizado e preso.

Esta é a segunda fuga da cadeia pública de Batayporã neste mês de março, o outro preso que fugiu sem ninguém perceber, foi Josemar Ferreira da Silva de 29 anos, natural e morador de Campinas (SP), teria fugido da cadeia pública de Batayporã, na última sexta-feira (14), depois do banho de sol.

>>Leia também
Preso por tráfico de drogas foge da cadeia de Batayporã

A fuga, só foi percebida na tarde do último sábado (15), após o plantonista fazer a conferência diária.

Segundo o delegado da unidade de Batayporã, Dr. Luiz Quirino, um procedimento foi instaurado para apurar se houve falha de funcionários na hora de recolher os detentos para as celas.

Josemar foi preso por tráfico de drogas no último dia (10), na base operacional da PMR (Polícia Militar Rodoviária) de Batayporã, naquela ocasião, os policiais encontraram n Hyundai/HB20 com placas FGN-4262 de Ribeirão Preto (SP), o qual Josemar dirigia, 68,9 kg de maconha.

Antes de ser preso, comparsas de Josemar ofertaram R$100 mil reais pela sua liberdade e do veículo, proposta recusada pela polícia.

Na última quinta (13), o delegado de Batayporã, solicitou apoio da PM de Batayporã e da Força Tática de Nova Andradina, para realizarem um pente fino na cadeia, uma vez que houve informações de que presos estariam serrando grades para fugir, naquela oportunidade, os policiais encontraram dois aparelhos celulares entre outras armas artesanais e ainda encontraram algumas grades serradas.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!