Vereadores participam de encontro da Campanha da Fraternida​de

Da Assessoria


Na noite desta quarta-feira (2) a Pastoral Social do Santuário Imaculado Coração de Maria repassou às lideranças católicas e aos representantes de entidades e poder público, as diretrizes da Diocese de Naviraí para o desenvolvimento de ações que levem à sociedade a reflexão do tema da Campanha da Fraternidade 2014 - Fraternidade e o Tráfico Humano.

Na oportunidade, representando a Câmara de Vereadores de Nova Andradina, estiveram presentes os vereadores Vicente Lichoti (PT) e Valter Yasunaka (PSDB) no encontro realizado no Cepana.

A CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil), quer alertar a sociedade brasileira para o flagelo de milhões de pessoas traficadas em diversas maneiras, trazendo o lema “É para a liberdade que Cristo nos libertou”.

Segundo as coordenadoras Edna Chulli e Jozeli Chulli, a campanha tem como foco a valorização da vida do ser humano e na denúncia evangélica da exploração da pessoa para a obtenção, objetivamente, do lucro. Durante a apresentação do tema, Edna Chulli propôs atividades que envolvam todas as comunidades de Nova Andradina para o debate do tráfico humano, considerando, sobretudo, a realidade e os fatores locais que desencadeiam na exploração de pessoas. O tema foi desenvolvido a partir do método ver-julgar-agir.

“Um dos maiores problemas que vivemos hoje é que a busca do poder econômico tem levado muitas pessoas a colocar os seres humanos em segundo plano, valorizando o dinheiro e não a vida. São pessoas que querem o enriquecimento às custas da prostituição, do trabalho análogo ao escravo e tantas outras formas que tornam indigna a vida da vítima”, destacou o vereador Vicente.

Ao final do encontro, Jozeli propôs para a aprovação dos presentes, a realização de uma série de ações, afim de que sejam incluídas na programação do Santuário, dentre as quais, a realização de palestras em escolas, passeata no centro, panfletagem, feitas em parcerias com entidades locais durante o ano todo.

O objetivo é levar informação para que a sociedade possa ajudar a combater este tipo de crime. “A Campanha da Fraternidade, mesmo vivenciada na quaresma, valerá para todo ano; neste tempo se propõe o arrependimento e penitências, o que é importante, embora Cristo também espera de nós a busca pela valorização do ser humano”, incentivou Edna Chulli.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!