CBF cassa liminar e Icasa volta para o Campeonato Brasileiro da Série B

Band


A CBF cassou nesta quinta-feira a liminar que o Icasa tinha conseguido para disputar o Campeonato Brasileiro da Série A. A decisão se deu menos de 24 horas de Marco Polo Del Nero ter sido eleito o novo presidente da entidade máxima do futebol brasileiro.

Com isso, o Brasileirão volta a ter 20 clubes e o time cearense vai ter de entrar em campo na sexta-feira pela Série B, contra a Ponte Preta.

A queda da decisão foi resultado do agravo de instrumento interposto pela CBF, após receber resposta negativa da juíza da 4ª Vara Cível do Rio ao pedido de levar o caso para a 2ª Vara.

Na última terça-feira, a Justiça do Rio de Janeiro concedeu liminar ao Icasa-CE, dando à CBF 24 horas para incluir o clube na Série A, sob pena de pagar multa diária de R$ 100 mil.

O Icasa entrou com processo devido a escalação irregular do volante Luan, do Figueirense, na Série B-2013. O clube cearense acionou inicialmente a Justiça Desportiva, mas já em fevereiro deste ano.

Como o fato aconteceu em maio do ano passado, a procuradoria entendeu que houve prescrição e nem denunciou o clube catarinense.

A CBF admitiu, no entanto, ter errado e deixado a situação de Luan irregular após um "teste" no BID, que desativou o contrato de empréstimo do jogador com o Metropolitano e reativou o vínculo com o Figueira. Mas essa mudança foi indevida e a CBF desfez a operação, deixando o jogador irregular.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!